02 julho, 2013

...

Só ele era capaz de sentir o cheiro que exalava da alma dela, aquele cheiro que vinha de dentro, essência de amor. Ontem eu a vi caminhando pela praia e deu pena de olhar o vazio que ficou dentro do abraço dela e aquele brilho que ela tinha no olhar já não se via mais. O sorriso dela ficou no bolso da calça jeans daquele moço. Ah se ele soubesse que levou consigo a parte mais bonita do carinho dela, se ele soubesse que carregou todas as cores e deixou pra ela os dias pintados de cinza. Agora ela caminha pela praia aos domingos e tenta roubar um pouquinho da paz que vem do mar. Escreve qualquer coisa na areia, sussurra uma canção pra espantar os males e senta pra esperar o sol se pôr.

Nenhum comentário:

Postar um comentário