12 julho, 2012


Mesmo quando desvio meus olhos e meus pensamentos de ti, mesmo quando estou ocupada consertando a minha vida, enquanto vasculho as imensidões psicológicas que moram em mim, mesmo quando estou cansada e precisando de tantas coragens, mesmo assim, guardo teu rosto na retina da minha alma.
E, de repente, eu te desejo.
E me sinto melhor...

Nenhum comentário:

Postar um comentário