26 junho, 2011


Todas as manhãs ela deixa os sonhos na cama, acorda e põe sua roupa de viver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário