25 abril, 2011


A vida muda nossa rota, alonga a estrada, embaralha os dias. Alguns se confundem no percurso, outros desistem da jornada. Aprendi a semear flores por onde passo, para não perder o caminho de volta, para identificar a chegada de casa. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário