29 abril, 2011


"Quando você passa nem parece que passa levando todo ar e todo sentido no que ando sentindo quando brinco de me apaixonar e de tanto brincar e de tanto você passar quem diria que no andar, você ficaria e ficar não como quem visita, mas ficar como quem mora, quem habita até se enraizar."

Nenhum comentário:

Postar um comentário