12 abril, 2011

Não sei porque, mas naquele momento, quando a vontade era chorar, abri um sorriso. E tentei ignorar meu peito desmoronando dentro de mim.





Nenhum comentário:

Postar um comentário